Os 9 erros para emagrecer mais comuns que você comete

Na tentativa de perder aquelas “gordurinhas extras”, a gente acaba acreditando em muita coisa e recorrendo à dietas malucas que vemos por aí e que só nos fazem mal. Não se preocupe, é muito simples de corrigir a maioria desses erros para emagrecer!

  1. Não siga dietas de revistas ou blogueiras, é um dos piores erros para emagrecer.

    Copiar dietas de blogueiras, ou se encantar com as promessas anunciadas na mídia do tipo: “PERCA 2 KG POR SEMANA” , “DIETA DA SOPA”, DIETA DE HOLLYWOOD” é um dos piores erros para emagrecer que você pode cometer. Não se iluda com falsas promessas.

    Infelizmente, conseguir emagrecer significa ser muito paciente, também. Lembre que você não ganhou gordurinhas extras do dia pra noite, então tenha paciência pra conseguir seus resultados também. Essa é a melhor forma de conseguir um resultado duradouro.

    É importante respeitar a individualidade biológica de cada um: o que funciona pra uma pessoa, não necessariamente irá funcionar para outra. Além disso, quando você perde peso muito rápido, provavelmente estará sacrificando sua massa magra e não as gordurinhas indesejadas! Sabe quando a gente perde peso rápido demais na balança? Infelizmente sua gordurinha pode estar ali e você sacrificou massa magra, que é uma grande aliada para te manter em forma.

  2. Siga uma alimentação equilibrada

    Comer de forma equilibrada é priorizar alimentos saudáveis em sua rotina. Desfaça o “monstro” criado em torno da palavra dieta, pois fazer dieta não significa jamais passar fome. Seguir uma dieta pode ser, apenas, comer de forma saudável, com uma boa quantidade de proteínas magras, carboidratos, gorduras saudáveis, frutas e legumes.

    Não é que você precise riscar as guloseimas da sua vida, mas o ideal é sempre buscar um equilíbrio. Se você mantém uma rotina de hábitos saudáveis, não vai engordar nos dias que desejar abrir exceções! Você também não pode se tornar uma pessoa anti-social, que não participa daquele happy hour do trabalho ou do almoço de domingo com a família. É só saber cuidar para não cometer excessos! Não precisa ficar depois com sentimento de culpa e nem ficar se acabando em aeróbicos, não faça disso um peso na sua vida. Se você é consistente em seus hábitos saudáveis, fazer pequenas exceções, em momentos pontuais e de forma consciente não vai fazer diferença. Mente sã, corpo são!

    Agora, se você resolveu chutar o balde e só faltou comer o pé da mesa, não ache que ser radical vai resolver. Acredite, você não estará compensando um fim de semana de pé na jaca ao fazer jejum no dia seguinte, se acabar na esteira ou se em sucos detox.

    O que fazer, então? Veja bem… muita calma nessa hora! Se você chutou o balde, apenas volte à sua rotina e seja consistente nela, mas nunca seja radical.

  3. Evite os falsos alimentos saudáveis

    Fuja dessa cilada! Pode até parecer inocente, mas acredite: as barrinhas de cereais que você come achando que está super firme na dieta, são cheias de açúcar, assim como sucos de frutas (altamente calóricos), pães e massas fit.

    Eu sei que a gente adora comer essas coisas, mas o ideal é evitar, sim. Não encha sua dieta de alimentos assim, pois você pode estar se enganando e, cá entre nós, sai muito mais caro do que você aderir a alimentos mais naturais. Esses alimentos te dão uma péssima falta impressão de que você está sendo saudável.

  4. Foque em ganhar massa magra para perder gordura

    Pare agora mesmo de achar que perder gordura é sua prioridade, embora você queira muito isso. Fazer disso uma obsessão é um dos maiores erros para emagrecer, pois, além de te deixar um tanto “psico”, pode te deixar frustrada (porque realmente não é tão rápido). Sabe quando a gente tá frustrada com os resultados e larga a dieta de mão? É bem por aí.

    Aqui vai a dica mais importante que você vai ver nesse post: ganhar massa muscular vai te ajudar muito a perder as gordurinhas extras, pois vai acelerar o seu metabolismo e ajudar a emagrecer.

    Comece a focar num programa de hipertrofia muscular para conseguir eliminar as gorduras extras de forma permanente!

  5. Pare de descontar problemas emocionais na comida (urgente!)

    Quantas de nós, quando está triste ou nervosa, quer se acabar em doces, chocolates e outras guloseimas? Pois é… também me identifico. Bateu a bad e a gente só pensa em fazer um brigadeirão e ficar comendo no sofá enquanto assiste Netflix. #quemnunca

    Meninas, esse erro é péssimo e é algo que temos que saber controlar. Relacionar nosso estado emocional com a comida não é legal! É importante buscar equilíbrio. Até porque, depois, além de triste, vamos nos sentir ainda piores de tanto arrependimento.

    Chame uma amiga do peito para conversar com você, vá fazer uma caminhada para refletir e botar os pensamentos no lugar (é muito bom) ou, se preferir, vá treinar. O importante é jogar essa energia em algum lugar em vez de descontar na comida!

  6. Coma bem à noite (e com equilíbrio)

    Sabe quando a gente passa o dia inteiro comendo bem pouco, segurando aquela fome e, quando chega à noite, queremos nos “premiar”? Aquele sentimento de que a gente merece, já que passou o dia todo comendo quase nada é uma super cilada e pode atrapalhar seus planos.

    Pois é… pode esquecer, porque você não merece, não! Brincadeiras à parte, esse é um dos erros para emagrecer que mais prejudica nossos planos, porque estamos nos enganando e não reconhecemos o problema.

    Se você deseja emagrecer, seu dia tem que ser equilibrado e cheio de alimentos nutritivos, e isso inclui o horário noturno.

  7.  Coma bastante proteína

    Se você quer emagrecer, saiba que uma boa ingestão de proteínas pode ser uma forte aliada! Sabe por quê? Porque proteínas causam sensação de saciedade, preservam a massa muscular, ajudam a construir músculos e, durante a digestão, queimam mais calorias que os carboidratos ou gorduras (possuem um efeito térmico maior do que os outros dois macronutrientes).

    A massa muscular pode ser a sua melhor aliada na queima de gordura, portanto, se alimente de forma equilibrada com uma boa ingestão de proteínas.

  8. Não exagere nas gorduras saudáveis

    As gorduras saudáveis que comemos, como abacate, pasta de amendoim, óleo de coco, manteiga ghee e carnes vermelhas magras, são ótimas para sua dieta, mas o exagero pode ser desastroso!

     

     

    Tenha cuidado: como esses alimentos possuem uma carga calórica elevada, seu consumo em exagero podem ser acumulados na forma de gordura.

  9. Não corte os carboidratos!

    Carboidratos são especialmente importantes para o nosso corpo, especialmente se você faz musculação. Eles podem te ajudar a emagrecer, desde que faça as escolhas corretas.

    Algumas mulheres que evitam amidos tendem a ter um apetite insaciável por gordura, porque a sua necessidade de carboidratos não está sendo atendida, e isso pode resultar em acúmulo.

    Quanto mais músculos um corpo tem, maior sua capacidade de armazenamento de carboidratos como glicogênio. Faça boas escolhas, como carboidratos complexos em sua dieta.

A melhor coisa que você pode fazer, é buscar equilíbrio na sua dieta e rotina de exercícios físicos. Se você ainda está aprendendo a comer bem e mudar seus hábitos, a ajuda de um profissional, como um nutricionista, é super importante.

Quer aprender um pouco mais sobre uma boa estratégia de como aderir a um estilo de vida saudável? Confira nosso post sobre a regra dos 80/20.

Termogênico funciona? Conheça seu poder como queimador de gorduras e como usar

Muito se fala sobre a ação dos termogênicos para ajudar a queimar gorduras e definir. Mas funciona mesmo? É seguro tomar termogênico para emagrecer? Como devo tomar termogênico para conseguir alcançar meus objetivos?

Gente, antes de tudo: o termogênico não age sozinho! Se você quer torrar aquelas gordurinhas extras que teimam em sair, o termogênico pode ser um poderoso aliado para emagrecer, mas lembre-se que é preciso manter uma boa dieta e rotina de exercícios físicos. De nada adianta tomar termogênico para emagrecer se você não aproveitar o potencial que ele pode te oferecer, ou seja: nada de ficar no sofá vendo Netflix e comendo besteiras, tem que suar!

Como agem os termogênicos?

O termogênico, como o nome já diz, aumenta termogênese do seu corpo: aumenta a temperatura e, com isso, seu metabolismo aumenta, ajudando seu corpo a queimar gorduras extras.  Ao tomar termogênico para emagrecer, seu corpo vai consumir mais energia do que se você não tomasse nada. Mas lembre-se: o termogênico não vai fazer milagres se você não aliar uma boa dieta e rotina de treinos. Sim, termogênico emagrece, porém o esforço deve ser conjunto!

Qual termogênico tomar para emagrecer e definir?

Vamos falar de dois termogênicos poderosíssimos: Lipodrol Black, da Ingralmédica, que é o mais vendido do Brasil e o mais novo lançamento da sua linha Darkness, o F-Destroyer Hot, que possui 7 ingredientes com alto poder termogênico.

O termogênico Lipodrol Black é o termogênico mais vendido do Brasil, com alta concentração de cafeína e efeito “time release” que é o seu diferencial, pois vai liberando aos poucos as substâncias no seu organismo, tornando-o ainda mais eficiente para emagrecer. Veja mais detalhes e como adquirir.

O termogênico F-Destroyer Hot é em pó, o que torna sua absorção ainda mais rápida. Ele é a nova aposta da Integralmédica para sua linha Darkness e foi desenvolvido usando 7 poderosos ingredientes termogênicos, sendo os principais: raiz forte, café verde, chá verde, gengibre, pimenta vermelha, guaraná em pó e laranja amarga.  Como é altamente poderoso, a Integralmédica vem apostando nesse termogênico para ganhar destaque no mercado. Veja mais detalhes e como adquirir.

Quer saber a diferença entre o uso do Lipodrol Black e o F-Destroyer Hot?

O Lipodrol, por ter alta concentração de cafeína (420mg), vai deixar você muito mais acelerado e cheio de energia. Para realizar exercícios aeróbicos, ele é o ideal para você voar longe!

Já o F-Destroyer Hot possui um pouco menos de cafeína (114mg), mas ele possui outros estimulantes termogênicos naturais, que compõem os 7 ingredientes da fórmula. Para praticar musculação, ele vai te ajudar a dar energia  e concentração para realizar os exercícios com calma e foco, sem te deixar “afobado”.

É seguro tomar termogênico para emagrecer?

Sim, tomar termogênico é seguro, basta você tomar a dose recomendada na embalagem do produto ou por seu médico (e não tiver doenças cardiológicas). O recomendado é sempre consultar seu médico ou nutricionista antes de tomar qualquer suplementação, ok?

Quais os efeitos colaterais dos termogênicos?

Qualquer produto que você consumir vai apresentar algum efeito colateral, então o mesmo acontece com os termogênicos. Seus efeitos colaterais são semelhantes aos de qualquer outro estimulante, como a cafeína: você pode sentir mais agitação, insônia, dor de cabeça, arritmia e aumento da pressão arterial. Por isso, o recomendado é que você tenha um acompanhamento médico antes de consumir e, mesmo que a gente saiba que o termogênico emagrece e ajuda a definir, é preciso fazer tudo direito para você conseguir o resultado!

Dieta Detox funciona?

Dieta Detox funciona mesmo? Depois de se acabar em chocolates e besteiras, muita gente recorre à dieta detox para eliminar toxinas e dar aquela “enxugada”. Mas será que dieta detox é mito ou funciona mesmo? Vale a pena fazer dieta detox?

É fato que dieta detox virou modismo há algum tempo e muitas de nós recorrem à um suco detox para fazer aquela “limpeza” no organismo depois de enfiar o pé na jaca e comer como se não houvesse amanhã. Mas será que realmente funciona?

Então, vou te contar uma coisa: não há evidências científicas ou estudos conduzidos realizados para avaliar a eficácia das dietas detox para desintoxicação e nem sobre o seu potencial emagrecedor (Detox diets for toxin elimination and weight management). E agora?

Muitas das dietas detox restringem o consumo calórico ao extremo, sacrificando todo um conjunto de liquidos, gordura e, infelizmente, muita massa muscular! Não se engane ao ver o peso baixando na balança, você pode estar perdendo seus músculos, construídos com tanto sofrimento e dedicação!

Dieta detox funciona? O que diz a ciência:

Segundo o nutricionista Rodolfo Peres (CRN-3 48365 Professor de Educação Física CREF 073378-G/SP), é importante prestar atenção no seguinte: mesmo na ciência, existem trabalhos publicados que mostram resultados contrários. É importante estarmos alertas aos que chamamos de conflitos de interesse, pois acontece de alguns estudos serem conduzidos de forma a não seguir corretamente o método científico e, assim, ao final, chegam a conclusões irreais e induzem ao erro.

Falando da dieta detox, temos como exemplo um artigo publicado em maio de 2015 afirmando que a dieta detox de limão tem a capacidade de emagrecer. Parece bem interessante, não é? Mas, analisando com cuidado o contexto do estudo, vemos que não é bem assim!

Esse estudo, especificamente, foi realizado com mulheres coreanas obesas. Primeiramente, existem 3 grupos experimentais no trabalho: o primeiro apenas com dieta, o segundo com dieta + suco detox de limão e, o terceiro grupo, que comeu à vontade.

Na metodologia científica do trabalho achamos alguns erros grosseiros: Foram 11 dias no total, sendo que durante os 7 primeiros dias os participantes do grupo dieta e dieta+suco detox consumiram somente 400kcal! Isso mesmo: já começa muito estranho… pra completar ainda temos os últimos 4 dias de intervenção dietética com os pacientes do grupo dieta e dieta+suco detox consumindo mais 900 calorias! Assim quando compararam os valores antropométricos de antes e depois, como o percentual de gordura, gordura total de tronco, IMC e circunferência de cintura tínhamos uma diferença estatisticamente significativa para o grupo dieta e dieta+suco detox. Outra coisa que chamou a atenção, foi que houve menor quantidade de massa muscular esquelética no grupo dieta+suco detox, a qual teve significância estatística!

O que podemos concluir com isso? Que o suco de limão emagrece? CLARO que não! A conclusão é que a restrição calórica altíssima causou a redução de peso e gordura, o que raramente é recomendado, mas o estudo concluiu que o suco detox de limão reduz gordura corporal. Percebe como induz você ao erro? Só mais uma observação feita pelo nutricionista Rodolfo Peres: é mencionado no estudo que o distribuidor oficial do suco detox de limão estudado é patrocinador do trabalho científico. Percebeu o conflito de interesses? Vamos ficar atentas!

Já que dieta detox não funciona, o que eu faço?

A melhor coisa é procurar um profissional especializado, um bom nutricionista ou médico ortomolecular que irá analisar você e orientar de acordo com seus objetivos, considerando suas necessidades individuais. Outra dica é: uma alimentação equilibrada, na qual você evita frituras, açúcar e gorduras em excesso já é um bom caminho. Se você tem objetivos mais específicos para evoluir seu corpo, jamais recorra à dietas genéricas que desconsideram suas características individuais! Procure um bom nutricionista para lhe ajudar.

Musculação é melhor que aeróbicos para queimar gordura.

Sim, musculação é melhor que aeróbicos pra queimar gordura! As pessoas ainda acreditam nos exercícios aeróbios como única forma de emagrecer e queimar gordura, mas isso é um mito. A musculação pode ser sua maior aliada para resultados efetivos.

Vivemos um momento de supervalorização da estética e de mudança de dogmas estabelecidos. Um deles é o do emagrecimento única e exclusivamente por via aeróbia.

O grande problema da tentativa de perda de peso por via aeróbia é o fato de junto com o peso total perdido, leva-se também nossa preciosa massa muscular, reduzindo nossa capacidade de gerar energia e por consequência diminuindo o metabolismo, o que dificulta queimar gordura.

A manutenção e aumento de massa muscular é a única forma de alteração do metabolismo basal (BINGHAM et al, 1989; BROEDER et al, 1992; BURKE et al, 1993), o condicionamento físico aeróbio não tem nenhuma significância no incremento metabólico ou no consumo de gordura em longa duração, coisa que acontece pós treino de musculação em até 14 horas. HALTOM et al (1999), OSTERBERG & MELBY (2000). Em resumo, a musculação é mais efetiva para aumentar o metabolismo e ajudar a queimar gordura do que se você praticar exaustivamente exercícios aeróbios.

Dentro de critérios de segurança, coordenação e prática no esporte, a musculação deve ser feita com grandes amplitudes e cargas próximas a falha muscular, levando seu corpo a uma ressintese proteica ideal, estimulando a produção hormonal e aumentando a quantidade de massa muscular e o tamanho delas.

Quer emagrecer e perder gordura? Perca o medo de fazer musculação.

O mito do emagrecimento é sem dúvida um dos maiores aliados ao efeito sanfona: perde-se peso e massa muscular com o treinamento aeróbio e a manutenção dessa perda torna-se impossível. Aliar o treino de força a atividade aeróbia é possível e benéfica, mas sem paradigmas!

Ou seja, percam o medo da sala de musculação! Lá, vocês encontrarão os melhores aliados para a diminuição do tecido adiposo e não só isso: o fortalecimento estrutural, controle das taxas hemodinâmicas, transformação da silhueta e manutenção da massa muscular, nosso verdadeiro queimador de gordura.

O treinamento resistido também pode ser feito em aulas de hidroginástica (quando bem montadas) e em circuitos de peso, trazendo menos monotonia.

 

Quer impulsionar a queima de gordura?

Confira nosso post sobre o uso de termogênicos pra emagrecer.